Sobre marcas, rótulos e boa comunicação de vinhos e produtores

image

Para começar o novo ano fomos espreitar os desafios que nos reserva. Os números dizem que o mundo está a beber mais vinho do que nunca, graças especialmente ao entusiasmo nos EUA, China e Rússia - pode conhecer os números na análise de Jancis Robinson no Finantial Times, aqui.

Mas, mais do que os números, interessam-nos a tendências dos consumidores. Porque como disse um dia Peter Drucker “a melhor maneira de prever o futuro é fazê-lo”,  cá estaremos nos próximos 365 dias para aproveitar estas pistas a seu favor…

1. Autenticidade

Para a Food & Drink Towers, a Innova Market Insights e a Bloomberg, a busca por “autenticidade”, “origem” e “produção local” é uma tendência em franca expansão (movida em parte pela procura de sustentabilidade e pelos receios do consumidor perante os recentes escândalos alimentares) E os pequenos produtores, mais rápidos e ágeis, levam vantagem face a grandes marcas. Quer seja para investir num produto sazonal, em produções limitadas ou adaptar-se ao gosto do consumidor. Nesta tendência inclui-se também o facto de que hoje “todos querem um exclusivo”, integrado no esforço geral das lojas para distinguir-se da concorrência. Comunicar bem a herança e genuinidade da sua marca é a chave.

# 2. Vinhos on-line

Os suportes digitais - internet, smartphones - têm sido um grande motor da comunicação e venda de vinhos em todo o mundo. Dia a dia, crescem ferramentas como o Vivino, Wine Searcher. Até a gigante Amazon se lançou na venda de vinhos online. As redes sociais como o Facebook e o Adegga, permitem chegar a nichos de clientes e criar comunidades: com o clique do rato hoje até os pequenos produtores podem facilmente comunicar a sua marca em todo o mundo.

# 3. Chegada dos millennials

Os CEOS da indústria do vinho mundial reconheceram na Wine Vision uma tendência massiva na indústria global: a chegada dos “millennials”, o público mais jovem que quer aprender e provar novos vinhos. Mas comunicar com eles é um desafio. São independentes nas decisões e a única influência é a de seus pares. Comunicam principalmente em plataformas digitais. Uma maneira de alimentar esta conversa é torná-la social. Partilhando informações nas redes sociais da sua marca.

# 4 Compra racional

Bem informado e pressionado pela austeridade, o consumidor procura fazer uma compra racional. Mensagens claras e relevantes, packaging reciclável que evite o desperdício serão imperativos em 2014. Junta-se um crescente interesse na saúde, auto-suficiência e poupança: os descontos na distribuição e os Bag-in-Box têm o futuro pela frente.

# 5 Espírito de comunidade

Para a Food & Drink Towers o espírito de comunidade é uma tendência a crescer em 2014. Este revela-se em eventos que trazem a diversão e o lado social de volta para as refeições. Isto inclui feiras, festivais e mercados locais, clubes de comida, de vinhos e de degustação. Esta pode ser uma oportunidade para CVRs, associações de produtores e parcerias com outros produtos.

# 6 Luxos que compensam

A Innova Market Insights destaca que, apesar das dificuldades económicas, mantem-se o interesse por produtos premium e gourmet. “Em vez de roupa e viagens caras, as pessoas estão a optar por pequenos prazeres gourmet, como cervejas artesanais, sabores caseiros, muitas vezes mais caros. A comida é um luxo relativamente acessível”. Dê boas razões para o consumidor pagar mais pelo seu vinho.

# 7 EUA e India crescem

O mercado de vinho teve um forte crescimento nos EUA nos últimos anos. A procura tem sido impulsionada por consumidores jovens, que optam por vinhos com preços mais baixos. A Índia tem um enorme potencial,  dado o baixo consumo per capita e grande população . Deverá crescer impulsionada pelos hábitos de vida ocidentais, aumento do rendimento disponível, expansão de consumidores do sexo feminino, festivais e enoturismo.

Se quiser saber como a Wine & Shine pode ajudar a sua marca em 2014 fale connosco aqui.

Rita Monteiro,

Copywriter na Wine & Shine

Se gostou deste artigo, talvez goste de ler também:

Há 6 meses
Share