Sobre marcas, rótulos e boa comunicação de vinhos e produtores

Vinhos de conceito, conceitos para o vinho

Criar uma marca centrada no terroir ou nas castas pode ser tradição, mas não é uma obrigação. Há cada vez mais vinhos que se afirmam através de  “ideias” originais. E têm boas razões para isso…

Criar a marca para um vinho – do nome ao design do rótulo – tem sido um passo mais ou menos previsível e simples. Na Europa a maioria dos produtores usa o nome da quinta ou herdade, vendo o terroir como fonte de autoridade. Já no Novo Mundo, com uma tradição vinícola recente, e sem herdades e palácios históricos, a maioria baseia-se nas castas e nomes dos produtores.

Mas há mais mundo para lá das quintas e castas. Cada vez mais marcas encaixam numa nova categoria: a das marcas que não se centram nem na origem, nem nas castas, mas sim numa ideia - os chamados vinhos “de conceito”.

image

“Diálogo”, Niepoort Vinhos; “Sexy”, Fita Preta Vinhos; “Xutos & Pontapés” e Ciconia, Casa Agrícola Alexandre Relvas são exemplos de vinhos de conceito.

Ler mais

Share




Adega Fernão Pó. O vinho como ele é.

image

Uma filosofia simples: criar o vinho perfeito para a mesa.

"Em Fernando Pó o vinho era parte do quotidiano, um alimento, indissociável da gastronomia, vendido à porta da adega. Os visitantes chegavam em romaria ao fim de semana, paravam para se abastecer, partilhavam histórias e petiscos. E ficavam amigos. É esta herança que a Adega Fernão Pó mantem viva, criando vinhos pensados para a mesa, genuínos e gastronómicos."

image


Este foi o conceito desenvolvido pela equipa da Wine & Shine para o re-design do logotipo, rótulos e comunicação da marca da família Freitas & Palhoça, produtor da região de Fernando Pó, na Península de Setúbal.

Criar uma imagem directa e genuína como os vinhos da adega. O design foi desenvolvido pela Dodesign, começando na nova identidade, inspirada no ambiente simples e franco da adega à data da fundação, nos anos 50. Que deu o tom para uma gama de rótulos para vinhos regionais, incluindo uma série de varietais.

image

Projecto Adega Fernão Pó: Conceito e copywriting: Rita Monteiro; Design e packaging: Dodesign; Fotografia: Jorge Figanier Castro

Share




Mateus Signature re-styling de rótulo por Myhre Design

image

image

image

Nova imagem Mateus Signature trabalhada pela Myhre Design destaca a história do momento fundador, quando Fernando Van Zeller Guedes criou a Sogrape com 15 amigos em 1942.

Ler mais

(Fonte: meiosepublicidade.pt)

Share




Grão Vasco: o regresso do Dão clássico com design da Myhre

image

image

Em 2014 a marca Grão Vasco regressa às origens. O desafio foi lançado pela Sogrape Vinhos à Myhre Design: criar a imagem capaz de honrar a história desta marca emblemática, que foi durante anos o vinho mais bebido em Portugal.

Ler mais

(Fonte: briefing.pt)

Share




A importância de aproximar os produtores dos consumidores

"Compramos um vinho não apenas pelo produto em si, mas pela história por trás. Assim como um adolescente compra um disco não só pela música, mas para alimentar o amor não correspondido por Justin Bieber. A loja é apenas o meio através do qual chegamos ao produto. A associação, a obsessão e a identificação é com o artista"

Foi assim que em 2013 um artigo na Snooth assinado por Philip James levantou a questão da importância de aproximar adegas e consumidores no triângulo que envolve o produtor vinícola, o retalho e o consumidor.

image

Ler mais

Share




Fotografar vinhos: como ter a certeza de que o seu vinho fica bem na fotografia?

image
Entrevista com Jorge Figanier Castro
publicada na Revista Enovitis Oleavitis
17 de Março - 2014 por Rita Monteiro

O fotógrafo Jorge Figanier Castro, especialista em fotografia de  vinhos explica o essêncial da arte de fotografar vinhos e garrafas. O quê e como fotografar para obter o máximo impacto no marketing de vinhos e produtores.

Qual o papel da fotografia de vinhos?

JF.-Costumo dizer a brincar que numa prova o primeiro sentido que usamos é a visão. Olhamos para ver a cor e transparência no copo… Só que antes disso o olhar já está a funcionar na garrafa, no rótulo. Portanto a prova começou antes. Se virmos a fotografia do vinho numa revista já começámos a prova-lo, já fomos chamados para ele…

Uma boa fotografia transmite o espírito do vinho?

JF.-É o que chamo a fotografia “de conceito”, tem de ter a ver com o produto e o produtor. Um vinho com um rótulo como “.com”, é para um publico jovem, muito especifico. Portanto a fotografia desse vinho à partida não vai ser bucólica, nem de pipas rústicas.

As fotografias de conceito são aquelas que param os olhos, chamam a atenção. Se estamos numa feira de vinhos, onde visualmente há muita coisa – ruído, luz, garrafas, pessoas - e, de repente, há uma imagem que nos faz parar…. essa é a imagem que vende. É a filosofia da publicidade, por isso existem outdoors e mupis na rua. Para as pessoas pararem a olhar. Quanto mais apelativa é a fotografia, obviamente mais resultados terá…

Ler mais

Share




Rótulo criado pela Myhre Design na shortlist de prémios de Design M&P

Share




Brochura Institucional Quinta do Piloto

Wine & Shine: design e produção by Myhre Design, copy Rita Monteiro para Quinta do Piloto Vinhos Lda -Palmela Portugal

Share




Dez mandamentos do marketing de vinhos para criar uma marca de sucesso

image


Publicado na Revista Enovitis/Oleavitis nº34 Dez 2013

Vinho e marca são coisas diferentes. O vinho é o produto dentro da garrafa, a marca é o conjunto de impressões na mente do cliente, que levam à compra (ou não). Imprimir uma marca na memória das pessoas não é fácil: exige comunicar com consistência e persistência. Resista à tentação de pensar na marca só para cumprir objetivos de curto prazo, como o lançamento de uma nova colheita, uma feira ou promoção: guie-se por estes princípios bebidos da prática.


1 – Conheça bem o seu vinho (como se fosse a pela primeira vez)

Existem mais de 30 mil produtores de vinho em Portugal (imagine no mundo). Com tantos concorrentes, destacar-se no mercado é um dos maiores desafios que irá enfrentar. Castas, sabor, vinificação, enólogo, história, preço: identifique o que pode tornar o seu vinho único.

II – Estude o mercado e a concorrência

Estude o mercado onde vai estar, a concorrência e os potenciais clientes, para saber como deve posicionar-se de forma atraente em termos de produto (o perfil do vinho), de preço (segmento onde se enquadra) e de imagem perante os potenciais clientes.

Ler mais

Share




Tendências do marketing de vinhos em 2014

image

Para começar o novo ano fomos espreitar os desafios que nos reserva. Os números dizem que o mundo está a beber mais vinho do que nunca, graças especialmente ao entusiasmo nos EUA, China e Rússia - pode conhecer os números na análise de Jancis Robinson no Finantial Times, aqui.

Mas, mais do que os números, interessam-nos a tendências dos consumidores. Porque como disse um dia Peter Drucker “a melhor maneira de prever o futuro é fazê-lo”,  cá estaremos nos próximos 365 dias para aproveitar estas pistas a seu favor…

1. Autenticidade

Para a Food & Drink Towers, a Innova Market Insights e a Bloomberg, a busca por “autenticidade”, “origem” e “produção local” é uma tendência em franca expansão (movida em parte pela procura de sustentabilidade e pelos receios do consumidor perante os recentes escândalos alimentares) E os pequenos produtores, mais rápidos e ágeis, levam vantagem face a grandes marcas. Quer seja para investir num produto sazonal, em produções limitadas ou adaptar-se ao gosto do consumidor. Nesta tendência inclui-se também o facto de que hoje “todos querem um exclusivo”, integrado no esforço geral das lojas para distinguir-se da concorrência. Comunicar bem a herança e genuinidade da sua marca é a chave.

Ler mais

Share




Design de rótulo por Myhre Design para Caves da Montanha

Design de rótulo por Myhre Design para Caves da Montanha

Share




Uma parte fundamental é a produção gráfica. Parte do meu trabalho é assistir na produção. Se não o fizer não resulta. Eu diria que a produção gráfica é 30%. Uma coisa é ver no ecrã… impresso, é completamente diferente.

Paal Myhre, director criativo da Myhre Design

Share




O segredo para criar o “post” perfeito no Facebook

image

Criar e dinamizar uma página Facebook do seu vinho é um óptimo meio para comunicar com actuais e potenciais clientes. Muitos produtores vinícolas usam-no para dar a conhecer a adega, partilhar a evolução da vinha, anunciar provas, lançamentos e promoções de vinhos ou ligar-se à sua região.

Esta rede social é um meio personalizado, ágil, viral e barato para fazer eco da sua marca. Mas não se iluda: uma comunicação eficaz exige atenção. Deve manter-se focado no posicionamento da sua marca, possuir alguma técnica e direcionar bem a sua mensagem: seja para um país ou grupo de pessoas, o “post" (publicação de imagem, texto ou vídeo) deve ser relevante e específico para o seu público.

Use estas dicas para criar posts “perfeitos”, que geram interesse, “gostos" e são partilhados.

Ler mais

Share




Os seis maiores erros no marketing de vinhos (segundo Paul Wagner)

image

Estas são receitas para o desastre a longo prazo. Veja se se aplicam a si e procure corrigi-los. Não somos nós que dizemos. É Paul Wagner*, autor do bestseller Wine Marketing & Sales - Strategies for a Saturated Market

Ler mais

Share




Criar uma marca forte é mais do que bom design de rótulos de vinho. Siga estes 3 passos.

Muitos produtores vinícolas só pensam na marca quando têm de cumprir objectivos de curto prazo, como lançar uma nova colheita. De repente precisam de rótulos. E ficam surpreendidos ao perceber que - embora importante - o rótulo é apenas uma parte. Na verdade, criar a marca capaz de cativar clientes e perdurar no tempo exige algum investimento e atenção. Ainda antes de avançar para o rótulo deve criar a sua identidade. E depois, há que pensar na comunicação

image

Ler mais

Share